Flora Iberica. Plantas vasculares de la Península Ibérica e Islas Baleares
         English  


In memoriam



Rosette Mercedes Saraiva Batarda Fernandes
(1.10.1916 - 28.05.2005)
por
A. P. Coutinho & J. C. Gomes

Rosette Mercedes Saraiva Batarda nasceu a 1.10.1916, na vila do Redondo (Alto Alentejo). Em 1928 inscreveu-se no Liceu Maria Amália Vaz de Carvalho e, em 1941, licenciou-se em Ciências Biológicas pela Universidade de Lisboa, com 18 valores.

Esse ano viria a ser determinante na sua vida, pois, em Junho, durante um Congresso de Ciências Naturais realizado em Lisboa, conheceria aquele que viria a ser o companheiro de toda a sua vida, o Prof. Dr. Abílio Fernandes. Passou então a residir em Coimbra, onde seu marido foi, desde Agosto desse ano, Director do Museu, Laboratório e Jardim Botânico da Universidade de Coimbra. Em 14.11.1947, viria a ser nomeada Naturalista dessa instituição, onde trabalhou toda a vida, tendo-se aposentado como Investigadora Principal. Assumiu, com elevado sentido de responsabilidade, a sua carreira, tendo, entre outras tarefas, reorganizado e actualizado a nomenclatura dos herbários e a publicação do Index Seminum do Jardim Botânico. Para além das numerosas expedições botânicas que Rosette Batarda Fernandes realizou em Portugal Continental, cabe referir, ainda, a que, em conjunto com a equipa do Laboratório de Botânica da Universidade de Lourenço Marques e com seu marido, efectuou em Moçambique, onde foram colhidas importantes colecções de plantas que viriam a enriquecer os espólios dos Herbários do Instituto Botânico de Coimbra e do Centro de Investigação Científica Tropical.

De 1944 a 1991, participou em 41 congressos internacionais, realizados em Espanha, França, Reino Unido, Suécia e Portugal. Entre 1945 e 2000, publicou cerca de 250 trabalhos, abrangendo, sobretudo, o campo da sistemática vegetal, embora também se tenha dedicado, de forma meritória, à cariologia, a etnobotânica e à história da botânica. Da sua vasta obra em fitotaxonomia, além de numerosas combinações novas, cabe destacar mais de meia centena de taxa novos para a ciência, alguns deles a nível genérico (ex. Gravesiella).

Como testemunho do apreço e admiração com que era tida, foram-lhe dedicadas várias espécies, entre as quais Marsilea batardae e Polypodium batardae. As publicações sobre a cariologia das Angiospérmicas (entre as quais diversos taxa de Narcissus), foram, na sua maioria, editadas entre 1945 e 1947, em colaboração com o Prof. Dr. Abílio Fernandes. Sobre a flora Macaronésica, devem-se-lhe 33 artigos relacionados com a taxonomia de um elevado número de taxa de Pteridófitos (p.ex. Asplenium e Dryopteris), e de Espermatófitos (p.ex. Alnus e Cucumis), publicados, na sua maioria, no Anuário da Sociedade Broteriana, Boletim da Sociedade Broteriana e Iconographia Selecta Florae Azoricae.

Quanto à flora da Península Ibérica, são de salientar os trabalhos publicados, entre 1993 e 1997, na Flora Ibérica (vols. III, IV e V), que incluem os tratamentos taxonómicos de 8 géneros pertencentes às Cruciferae, Crassulaceae, Cucurbitaceae, e Malvaceae. No que respeita à flora da Europa, merecem especial destaque os trabalhos publicados nos volumes II (1968), III (1972) e IV (1976) da Flora Europaea, que abrangem o estudo da sistemática de 11 géneros, pertencentes às Boraginaceae, Compositae, Labiatae, Malvaceae e Scrophulariaceae. Quanto aos estudos taxonómicos referentes à flora africana, publicou (1954 – 2000), 80 trabalhos, em revistas e obras como: Conspectus Florae Angolensis, Garcia de Orta, Flora de Moçambique e Flora Zambeziaca. São de citar, entre outros, os seus estudos taxonómicos sobre as Melastomataceae, Verbenaceae, Labiatae, Anacardiaceae e Cucurbitaceae.

No que respeita à da Etnobotânica e História da Botânica, são de destacar, respectivamente, os artigos que publicou sobre a Botânica na poesia popular e na heráldica de Portugal; aqueles que editou sobre as viagens de Manuel Galvão da Silva em Moçambique e sobre a história botânica da melancia e da gila. Rosette Batarda Fernandes faleceu em 28.05.2005, com 88 anos de idade. Dos derradeiros trabalhos que elaborou, foram já publicados, depois do seu falecimento, na Flora Zambesiaca os tratamentos taxonómicos das Aviceniaceae, Verbenaceae e Lamiaceae.

Noticias Enviar información o correcciones a estos datos


Noticias destacadas

VOLUMEN IX
Rhamnaceae-Polygalaceae.
Publicado.

2-XI-2015

VOLUMEN XVI(I)
Compositae (partim)
Publicado y disponible

26-III-2015

VIDEO
Presentación del volumen XVI (Compositae) (partim)
en la Universidad de Córdoba

15-III-2015

VOLUMEN XX
Liliaceae-Agavaceae
Publicado y disponible

1-II-2014

VOLUMEN XI
Gentianaceae-Boraginaceae
Publicado y disponible

2-IV-2012

VOLUMEN XVII
Butomaceae-Juncaceae
Publicado y disponible

27-VII-2010

VOLUMEN XII
Publicado y disponible

01-VII-2010

VIDEO
de la entrega del Premio Nacional de Investigación 2009 a Santiago Castroviejo

02-II-2010

PREMIO A FLORA IBERICA

23-VII-2008

HERBARIO
de
Antonio Segura Zubizarreta
(1921-2004)

BUSCADORES

ERRATAS

CONSULTORIO TERMINOLÓGICO

TODAS LAS NOTICIAS


 Última fecha de modificación
Real Jardín Botánico, CSIC. Plaza de Murillo, 2. Madrid E-28014 (ESPAÑA). Tel. +34 91 4203017.
Diseño Web: Antonio Martín Ciudad (martin@rjb.csic.es)